Rapa Nui

Blog

5 setembro 2011

OS 100 MELHORES RESTAURANTES DO MUNDO!!!

bacalhau

É o décimo ano que a revista Restaurant promove este concurso. O júri dos 100 melhores restaurantes do mundo é composto por um painel com 837 elementos, incluindo chefs famosos, jornalistas e cronistas gastronómicos, e outros especialistas do sector. O restaurante Noma, situado no centro de Copenhaga, ganhou a distinção para o melhor restaurante pelo segundo ano consecutivo. O restaurante dinamarquês é famoso pelas especialidades nórdicas preparadas pelo chef René Redzepi’s. A lista dos melhores restaurantes do mundo foi divulgada no início da semana e o Noma recebeu imediatamente mais de 100.000 pedidos de reserva de mesa. O destaque da lista fica por conta dos cinco restaurantes de New York.

O famoso restaurante espanhol El Bulli deixa de integrar a lista de premiados. Recordamos que ao longo da última década a revista Restaurant elegeu o restaurante da Catalunha, e a cozinha prepara pela equipa do Chef Ferran Adriá, como “O Melhor do Mundo” por cinco vezes. O El Buli, em Girona, encerra portas em Julho para dar lugar, em 2014, a uma Fundação para a investigação gastronómica e cozinha criativa.

O restaurante Vila Joya, na praia da Galé, em Albufeira, surge apenas na lista dos 100 melhores do mundo em 79º lugar.

Lista dos 100 melhores restaurantes do mundo:

1- Noma (Dinamarca) www.noma.dk

2- El Celler de Can Roca (Espanha) www.cellercanroca.com

3- Mugaritz (Espanha) www.mugaritz.com

4- Osteria Francescana (Itália) www.osteriafrancescana.it

5- The Fat Duck (Reino Unido) www.fatduck.co.uk

6- Alinea (EUA) www.alinea-restaurant.com

7- D.O.M. (Brasil) www.domrestaurante.com.br

8- Arzak (Espanha) www.arzak.info

9- Le Chateaubriand (França)

10- Per Se (EUA) www.perseny.com

11- Daniel (EUA) www.danielnyc.com

12- Les Creations de Narisawa (Japão) www.narisawa-yoshihiro.com

13- L’Astrance (França)

14- L’Atelier de Joël Robuchon (França) www.joel-robuchon.com

15- Hof van Cleve (Bélgica) www.hofvancleve.com

16- Pierre Gagnaire (França) www.pierre-gagnaire.com

17- Oud Sluis (Holanda) www.oudsluis.nl

18- Le Bernardin (EUA) www.le-bernardin.com

19- L’Arpège (França) www.alain-passard.com

20- Nihonryori RyuGin (Japão) www.nihonryori-ryugin.com

21- Vendôme (Alemanha) www.schlossbensberg.com

22- Steirereck (Áustria) www.steirereck.at/wienrestaurant

23- Schloss Schauenstein (Suíça) www.schauenstein.ch

24- Eleven Madison Park (EUA) www.elevenmadisonpark.com

25- Aqua (Alemanha) www.restaurant-aqua.com

26- Quay (Austrália) www.quay.com.au

27- Iggy’s (Cingapura) www.iggys.com.sg

28- Combal Zero (Itália) www.combal.org

29- Martín Berasategui (Espanha) www.martinberasategui.com

30- Bras (França) www.bras.fr

31- Biko (México) www.biko.com.mx

32- Le Calandre (Itália) www.alajmo.it

33- Cracco (Itália) www.ristorantecracco.it

34- The Ledbury (Reino Unido) www.theledbury.com

35- Chez Dominique (Finlândia) www.chezdominique.fi

36- Le Quartier Français (África do Sul) www.lequartier.co.za

37- Amber (China) www.amberhongkong.com

38- Dal Pescatore (Itália) www.dalpescatore.com

39- Il Canto (Itália) www.certosadimaggiano.com

40- Momofuku Ssäm Bar (EUA) www.momofuku.com

41- St John (Reino Unido) www.stjohnrestaurant.com

42- Astrid Y Gastón (Peru) www.astridygaston.com

43- Hibiscus (Reino Unido) www.hibiscusrestaurant.co.uk

44- Maison Troisgros (França) www.troisgros.fr

45- Alain Ducasse au Plaza Athénée (França) www.plaza-athenee-paris.com

46- De Librije (Holanda) www.librije.com

47- Restaurant de l’Hotel de Ville (Suíça) www.philippe-rochat.ch

48- Varvary (Rússia) www.anatolykomm.ru

49- Pujol (México) www.pujol.com.mx

50- Asador Etxebarri (Espanha) www.asadoretxebarri.com

51- Quique Dacosta (Espanha) www.quiquedacosta.es

52- Mathias Dahlgren (Suécia) www.mathiasdahlgren.com

53- Attica (Austrália) www.attica.com.au

54- De Karmeliet (Bélgica) www.dekarmeliet.be

55- Les Amis (Malásia) www.lesamis.com.sg

56- The French Laundry (EUA) www.frenchlaundry.com

57- Frantzén/Lindeberg (Suécia) www.frantzen-lindeberg.com

58- Tetsuya’s (Austrália) www.tetsuyas.com

59- Fasano (Brasil) www.fasano.com.br

60- Hakkasan (Reino Unido)
www.hakkasan.com

61- Rust en Vrede (África do Sul) www.rustenvrede.com

62- Jean Georges (EUA) www.jean-georges.com

63- Oaxen Krog (Suécia) www.oaxenkrog.se

64- Bo Innovation (China) www.boinnovation.com

65- Momofuku Ko (EUA) www.momofuku.com

66- Zuma (Reino Unido) www.zumarestaurant.com

67- Maison Pic (França) www.pic-valence.fr

68- Mirazur (França) www.maurocolagreco.com

69- Manresa Los Gatos (EUA) www.manresarestaurant.com

70- Marque (Austrália) www.marquerestaurant.com.au

71- Fäviken (Suécia) www.faviken.com

72- L’Atelier de Joël Robuchon (China) www.robuchon.hk

73- Die Schwarzwaldstube (Alemanha) www.relaischateaux.com/schwarzwaldstube

74- Mani (Brasil) www.manimanioca.com

75- Coi (EUA)
www.coirestaurant.com

76- Caprice (China) www.fourseasons.com

77- Nahm (Reino Unido) www.halkin.como.bz

78- La Grenouillère (França) www.lagrenouillere.fr

79- Vila Joya (Portugal) www.vilajoya.com

80- Tantris (Alemanha) www.tantris.de

81- WD-50 (EUA) www.wd-50.com

82- La Colombe (África do Sul) www.constantia-uitsig.com

83- Semifreddo (Rússia) www.semifreddo.ru

84- Le Gavroche (Reino Unido) www.le-gavroche.co.uk

85- The Bazaar (EUA) www.thebazaar.com

86- La Pergola (Itália) www.romecavalieri.com

87- Malabar (Peru)

88- Gäste Haus Klaus Erfort (Alemanha) www.gaestehaus-erfort.de

89- Bar Boulud (Reino Unido) www.barboulud.com

90- Kitcho Arashiyama (Japão) www.kitcho.com

91- Blue Hill at Stone Barns (EUA) www.bluehillfarm.com

92- Wasabi (Índia) www.tajhotels.com

93- Sant Pau (Espanha) www.ruscalleda.com

94- Akela´re (Espanha) www.akelarre.net

95- Masa (EUA) www.masanyc.com

96- Marcus Wareing at The Berkeley (Reino Unido) www.the-berkeley.co.uk

97- Le Meurice (França) www.lemeurice.com

98- L’Arnsbourg (França) www.arnsbourg.com

99- Chaika (Rússia) www.chaika-cafe.ru

100- André (Malásia) www.restaurantandre.com

Fonte: http://www.destinosdeviagem.com/os-50-melhores-restaurantes-do-mundo/#ixzz1X5hKAJCE

20 setembro 2010

Brasileiros têm passe livre para viajar somente a 130 países.

Em tempos de globalização, as restrições ao visto desempenham uma função relevante quanto ao controle da circulação de estrangeiros nas fronteiras. Por isso é que muitos países exigem o visto para os visitantes que entram em seus territórios. Um levantamento feito pela empresa especializada em imigração Henley & Partners, apontou a liberdade para viajar dos cidadãos de 193 países e territórios.

O Brasil ocupa a posição de número 28 no ranking global, isto é, os brasileiros podem visitar 130 países sem o visto de entrada.

No topo da lista encontra-se o Reino Unido, que pode ingressar em 166 países sem a necessidade do visto, seguido pela Dinamarca (164) e Suécia (163). Os Estados Unidos caíram três posições e ocupam o sétimo lugar o que permite uma liberdade de trânsito aos americanos a 159 destinos internacionais.

O Afeganistão configura o fim da lista, com passe livre a apenas 26 países.

Reino Unido garantiu a primeira posição no ranking global dos países que podem ser visistados sem visto.

Fonte: www.terra.com.br

16 setembro 2010

Brasileiros lideram entrada turística na Argentina em julho

 

BUENOS AIRES (Reuters) – A entrada de turistas na Argentina cresceu 84,2 por cento em julho, na comparação anual, para 236.571 visitantes, indicou o governo na quarta-feira. Os brasileiros responderam por 43,4 por cento deste total.

Por outro lado, a saída de turistas argentinos em julho aumentou 19,7 por cento, para 152.299 pessoas em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o relatório do Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec).

A medição oficial é feita sobre a base de entrada e saída de pessoas pelos dois principais aeroportos internacionais do país, Ezeiza e Jorge Newbery, que representam aproximadamente 50 por cento do movimento turístico.

O gasto dos turistas internacionais que visitaram a Argentina atingiu 281,6 milhões de dólares, uma alta expressiva de 67,5 por cento em relação a julho do ano passado. Já os argentinos gastaram no exterior 233 milhões de dólares, um aumento de 19,4 por cento.

Depois dos brasileiros, o “restante da América” representou a segunda categoria com maior número de entradas, com aumento de 18 por cento, e a Europa, com alta de 15,5 por cento.

O gasto diário médio dos turistas na Argentina foi de 106,6 dólares em julho.

(Reportagem de Juliana Castilla)

14 setembro 2010

Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, tem uma ilha para cada dia do ano e 2.000 praias !!

“Se existe um paraíso, é bem perto daqui.” A frase foi registrada em carta por Américo Vespúcio para descrever a antiga Vila dos Santos Reis Magos, hoje, Angra dos Reis, uma das mais antigas cidades brasileiras, descoberta por Gonçalo Coelho, em 6 de janeiro de 1502. Distante 166 km da capital carioca, no litoral sul do Rio de Janeiro, guarda uma riqueza histórica, lendas envolvendo piratas, navios fantasmas e naufrágios e muitas, muitas belezas naturais. Oito baías, 365 ilhas e 2.000 praias. Que outro lugar reserva tantas opções para o viajante?

O roteiro turístico de Angra dos Reis está dividido em cinco corredores: Ponta Leste, Centro, Estrada do Contorno, Ponta Sul e da Ilha Grande. Caminhadas por trilhas que levam a cachoeiras ou praias reservadas, passeios de barco que têm como destino ilhas paradisíacas de águas cristalinas ou mergulhos entre peixes coloridos são algumas das muitas opções de lazer proporcionadas pela exuberante natureza da região.

A combinação do verde da mata atlântica com as areias claras, o mar calmo de grande parte das praias e ilhas e suas águas esverdeadas faz de Angra dos Reis um dos destinos mais procurados do litoral do Rio. No entanto, para conhecer Angra dos Reis e tudo que a cidade oferece não basta ficar no continente. É preciso deixar a terra firme, seja contratando um passeio de escuna junto a uma agência credenciada, seja fretando um barco ou lancha (neste caso, a vantagem é poder traçar o seu próprio roteiro).

As águas calmas das praias do continente e ilhas próximas se devem à proteção oferecida pelas ilhas Grande e Gipóia, respectivamente, a primeira e a segunda maiores de Angra dos Reis.

A Ilha Grande, destino que merece alguns dias de sua estadia na região, é um “assunto” à parte. Fica a uma hora e meia de barco do continente e concentra 106 praias (muitas delas semi-selvagens), várias vilas e histórias de piratas. Nela, estão as ruínas do Instituto Penal Cândido Mendes, antigo presídio de presos políticos da época da ditadura.

Gostou ?! Quer mais ?!

Contate-nos e veja como ir até o paraíso…

Fonte: www.uol.com.br

14 setembro 2010

6 Dicas Rapa Nui de como arrumar a Mala de Viagem

O fim de semana se aproxima e com ele um ótimo feriadão. Quem não gosta de viajar, não é mesmo?

Conhecer novos lugares, novas culturas, respirar novos ares e eliminar o estresse acumulado na vida cotidiana. Depois da escolha do destino, outro item importante para esse momento é a organização das malas.

Muitas pessoas não gostam dessa tarefa, mas, algumas dicas podem lhe ajudar a não ter tanto sofrimento e assim encontrar e desfrutar as belas peças de roupas pelo o mundo a fora.

1. A primeira dica é ter cuidado para não exagerar na quantidade de peças de roupas que irá levar na sua viagem. Faça uma listinha do irá precisar, essa tarefa também é difícil, pois às vezes queremos levar o guarda roupa inteiro.

2. Quando você  estabelece a opção de levar duas malas, o ideal é que uma seja para sapatos e a outra para as peças de roupas e acessórios. Os itens de cosméticos e higiene devem ser colocados em um saco plástico ou nécessaire, além de facilitar o uso também evita o contato com as roupas no caso do derramamento de algum líquido, como perfumes e desodorantes.

3. Para facilitar a localização de cada peça, o ideal é guardar as roupas por tipo (camisas com camisas e calças com calças). As camisas devem ser espalhadas na parte de cima, assim não corre o risco de amassar. Coloque as peças intimas em saquinhos apropriados e ponha entre as camisas ou nas laterais da mala.

4. Escolha peças de roupas que ocupem pouco espaço na mala e possibilite fazer várias combinações. Uma calça jeans pode ser combinada com mais de uma blusa, assim como um único sapato também pode ser usado com duas ou mais composições de roupa. Lembre-se que a troca de acessórios também é importante no visual.

5. Um ponto importante na hora de arrumar as malas é saber qual o destino da sua viagem. Se a opção for praia não esqueça o protetor solar, a saída de praia, biquínis, saias, shorts, camisetas, vestidos leves e sandálias próprias para a ocasião. O ideal é que as roupas sociais também sejam lembradas, pois tanto na cidade quanto em um navio os eventos noturnos são incluídos.

6. Lembre-se que a sua mala não é a única existente no mundo, muitas tem o mesmo tamanho, cor e marca. Então, coloque uma identificação com seu nome e telefone, ou até mesmo uma fita ou pingente que você possa identificá-la rapidamente. O objetivo principal é evitar os problemas que possam ocorrer nesse momento tão maravilhoso que é viajar.

Depois dessas dicas o melhor mesmo é curtir !!

Rapa Nui Viagens, seu estilo de viajar.

5 agosto 2010

O melhor de Buenos Aires

buenos-aires

BAIRROS

- PALERMO VIEJO, PALERMO SOHO E PALERMO HOLLYOOD
Destaque um dia em sua viagem e recorra á este reduto especialíssimo de Buenos Aires. Antes de qualquer coisa vamos falar um pouco sobre o bairro: antigamente era um bairro da nobreza da cidade, passado o tempo, muitas casas foram abandonadas, se tornou um bairro velho, por isso chamado de “Palermo Viejo”. Aqui você está perto dos parques e bosques de Palermo, dos ótimos restaurantes de Las Cañitas e muito mais. Também é o reduto da juventude alternativa, repleto de pubs, cafés, barzinhos.
Vale recordar que também é neste bairro que se encontram os grandes estúdios de cinema da argentina e é por isso que também recebe o nome de “Palermo Hollywood”. Na famosa Plaza Cortazar (Plaza Serrano) há a famosa Feira de Arte, é realmente imperdível, com muita coisa interessante mesmo. Ao redor da pequena praça estão vários bares com mesinhas á beira da calçada, ateliês de artistas, lojas de decoração e design e principalmente as melhores grifes.
Por todo este clima boêmio, artístico, jovem e restaurador em meio á arquitetura antiga e a bucolidade da paisagem, este bairro ficou conhecido também por Palermo SOHO, uma alusão ao SOHO de Nova York, bairro americano com as mesmas características do portenho.

- RECOLETA
A Recoleta foi concebida a inícios do século XVIII como um espaço para o retiro e orações de freires, monges e religiosos franciscanos. Funcionava o Convento dos Padres Recoletos. Em 1716 se constrói a atual igreja Nossa Senhora del Pilar. Só em 1830 redesenha-se o aspecto urbano atual para albergar as numerosas famílias vindas de San Telmo por causa da epidemia da febre amarela. O espaço mais característico da Recoleta é, sem dúvidas, o cemitério, famoso pela majestuosidade de seus mausoléus, seu charme. O túmulo da famosa ex-primeira dama argentina, Eva Perón, também está no cemitério da Recoleta.  Curiosamente, Recoleta é também a zona de maior concentração de opções para o lazer dos jovens da cidade. Destaca-se a elegância e o valor arquitetônico de muitos dos prédios de estilo clássico.
Ainda na Recoleta você pode visitar o Museu Nacional de Belas Artes, a Plaza Torcuato de Alvear, nesta praça funciona todos os fins de semana uma das mais prestigiadas feiras de artesanato de Buenos Aires com uma grande presença de artistas de rua. O Palais de Glace também está na região, onde realizam exposições de fotografia, desenho, gravuras, pintura, etc. e o Centro Cultural Recoleta.

- SAN TELMO
San Telmo é um canto da cidade cheio de história e personalidade. Foi na metade do século XIX o lugar de residência da classe alta de Buenos Aires. No final do mesmo século, por causa de uma penosa epidemia de febre amarela, seus moradores emigraram para a região norte da cidade, hoje Bairro Norte e Recoleta. Nos anos setenta, inicia-se a restauração de uma parte do bairro, rica em estilo arquitetônico, querendo ressaltar a arte, a boemia e os antiquários. Hoje é o referente mais importante do mercado de antigüidades na América do Sul. Possui mais de 500 lojas que oferecem todo tipo de antiguidades e coleções de objetos.

Em San Telmo você encontrará numerosos bares, pubs e clubes de tango. Caminhar pelo bairro é voltar no tempo. A sua típica arquitetura colonial, as estreitas calçadas empedradas, as lojas, as ruas de pedra e as antiguidades representam a magia do seu valor histórico.
Na praça Dorrego aos domingos, a partir das 10 da manhã até as 5 horas da tarde, funciona a feira de San Telmo, famosa no mundo inteiro pela sua excentricidade e a variada oferta de elementos históricos, móveis, porcelanas, óculos, canetas, maçanetas, cartões, tecidos, chaves, câmeras fotográficas, discos de tango, pôsteres , toalhas de mesa, etc. Outra atração se gera na rua com os artistas de todo tipo: plásticos, desenhistas, mimos, músicos e bailarinos de tango, atores, etc. que fazem do bairro um espetáculo maravilhoso. É um verdadeiro show que oferece Buenos Aires para não perder! Conheça-o!

- PUERTO MADERO
É a região leste da cidade, rica em propostas e atrativos para o turismo. Aqui se localiza o antigo porto de Buenos Aires, hoje renovado e aproveitado em cada canto. Renovado em um prédio que possui toda uma extensa variedade de espaços gastronômicos e lugares de lazer noturno. Os docks foram transformados em sofisticados restaurantes e lofts residenciais que conservam (embora modernizada) a antiga arquitetura estilo inglês daqueles anos. Puerto Madero representa para Buenos Aires um ponto de encontro ao meio-dia de muitos portenhos, de executivos a funcionários, e é, sem dúvida, um dos lugares mais destacados que a cidade oferece ao turismo. Ideal para passeios a pé e, aproveitando seu caminho de pedestres, visitar os cinco diques que conformam Puerto Madero.

- LA BOCA
La Boca é o antigo porto onde encalharam, no início do século passado, um numeroso grupo de imigrantes vindos, na sua maioria, da Itália e da Espanha e alguns de outros países da Europa. Ali nasceram os primeiros cortiços, vivendas coletivas que albergavam temporariamente aos recém-chegados.
Destacam-se as casas feitas de zinco e madeira pintadas com a sobra de pintura para barcos, daí a variedade de cores. A paisagem colorida e ter sido um dos cenários mais populares do tango.
Em La Boca está Caminito, antigamente passavam por ali os trilhos do trem. Hoje é um espaço tradicional de artistas plásticos com a temática de La Boca. Funciona todos os dias das 10h às 18h. O estádio do Boca Juniors também está em La Boca, um dos times mais importantes e populares da Argentina.  Pode ser visitado todos os dias de 10 a 18h.

- CENTRO
O centro é o coração da cidade. Ele concentra a maioria das sedes bancárias, hotéis internacionais e uma grande variedade de lojas, além das propostas culturais e de lazer. Um dos seus atrativos turísticos é a famosa Rua Florida, uma rua de pedestres que possui em toda sua extensão lojas e galerias de todo tipo. Na Florida com a Av. Córdoba está localizada a “Galerias Pacífico”, uma valiosa jóia arquitetônica e artística onde se destacam seus imponentes murais e a qualidade de suas ofertas.
Próximo às Galerias Pacífico localiza-se a Praça San Martin, uma praça histórica e uma das mais belas. Nesse lugar, estava a única praça de touros de Buenos Aires. Também foi marco das invasões inglesas em 1806 e 1807. É um excelente lugar para bater fotos!
A Av. 9 de Julio percorre a cidade de lado a lado e é a avenida mais larga do mundo com seus 140 metros de extremo a extremo. Na sua interseção com a Av. Corrientes está localizado o Obelisco que rememora as duas fundações de Buenos Aires em 1536 e 1580. Hoje, é um ícone dos portenhos.
O ponto de interesse mais destacado para os portenhos e os turistas é a Av. Santa Fé, caracterizada pelas atraentes lojas de roupa, calçado; importantes galerias, cafés e bares, da Praça San Martin até o Jardim Botânico no bairro de Palermo. Recomenda-se percorrê-la em todo seu perímetro já que você encontrará numerosos cartões-postais da cidade. Como por exemplo o Teatro Colon!

5 agosto 2010

Receita Federal amplia cota de compras no exterior isentas de impostos

luggage

Receita Federal decidiu faciltar a vida de quem viaja ao exterior e pretende trazer na bagagem mercadorias compradas fora do país. A partir de segunda-feira, o viajante que comprar, por exemplo, um telefone celular, um relógio de pulso ou uma máquina fotográfica no exterior não precisará mais declará-lo à Receita Federal ao retornar ao país. Esses objetos farão parte da cota de bens de uso pessoal, isentos de imposto.

A nova legislação, a ser publicada no “Diário Oficial da União”, também isenta de tributação roupas e acessórios, adornos pessoais e produtos de higiene e beleza.

Baterias e acessórios em quantidades compatíveis, carrinhos de bebê e equipamentos de deslocamento como cadeiras de rodas, muletas e andadores também entram na lista.

Notebooks e filmadoras estão fora da lista de bens de uso pessoal. Devem ser declarados e entram na cota já existente, limitada a US$ 500 para quem usou transporte aéreo ou marítimo e a US$ 300 para quem utilizou transporte via terrestre, fluvial ou lacustre.

Cigarros e bebidas
A nova regra também colocará limites que antes dependiam da avaliação do fiscal da alfândega para serem fixados.

O viajante poderá adquirir no exterior e trazer consigo, no máximo, 12 litros de bebidas alcoólicas, dez maços de cigarros com 20 unidades cada um, 25 unidades de charutos ou cigarrilhas e 250 gramas de fumo.

Antes de embarcar, o viajante não precisará mais fazer a Declaração de Saída Temporária de produtos estrangeiros que está levando. Hoje essa medida é considerada pela Receita como excesso de burocracia.

O órgão colocará em seu site um “perguntão da bagagem”, parecido com o “perguntão do Imposto de Renda”, que define o que é considerado bem de uso pessoal e a quantidade permitida.

Pequenos presentes e suvenires que custem menos de US$ 10 poderão ser trazidos em no máximo 20 unidades, desde que não haja mais de dez idênticas.

O Ministério da Fazenda e a Receita identificaram falta de clareza e transparência nas regras atuais.

Por elas, um fiscal poderia entender que duas garrafas de vinho são abusivas, enquanto outro poderia considerar uma caixa de uísque um consumo razoável.

Se o viajante comprar um iPod ou um iPad no exterior e comprovar que, durante a viagem, fez uso profissional da aquisição, não precisará declará-lo. Mas sempre precisará apresentar nota fiscal.

Fonte: Portugal Digital

26 julho 2010

Passaporte com chip será testado este ano em Brasília

passport01

Medida visa facilitar trânsito de pessoas durante a Copa

Até o final deste ano o Ministério da Justiça irá testar, no Aeroporto Internacional de Brasília, passaportes com microprocessadores inseridos na contracapa do documento.

O novo passaporte vai permitir a leitura dos dados do passageiro sem interferência de operadores, tornando o trânsito nos aeroportos mais rápido e seguro.
A medida faz parte da política de segurança que o Ministério planeja implantar para facilitar o tráfego de passageiros até a Copa do Mundo no Brasil, em 2014. Acredita-se que o viajante que tiver o passaporte com chip levará cerca de oito segundos para ter o acesso liberado nos aeroportos.

Fonte: Redação – Uol Notícias

Com informações da Agência Brasil

26 julho 2010

Em 34ª reunião, Unesco alerta sobre perigos que ameaçam patrimônios mundiais

Brasília, 25 jul (EFE)

ruinas-de-machu-picchu

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) inaugurou hoje, em Brasília, a 34ª reunião de seu Comitê do Patrimônio Mundial, com um alerta sobre os perigos que ameaçam os patrimônios da humanidade que fazem parte da prestigiosa lista elaborada pelo organismo.

Na abertura da reunião, a diretora geral da Unesco, a búlgara Irina Bokova, advertiu sobre os “riscos e novos desafios” para os 890 lugares incluídos na lista, como as mudanças climáticas e os desastres naturais.

Irina citou os casos dos terremotos do início do ano no Haiti e no Chile e as “chuvas e desmoronamentos” nas ruínas de Machu Picchu, no Peru, um dos lugares que poderiam chegar a entrar na lista de “bens em perigo”.

Também pediu aos Governos que endureçam as medidas necessárias para uma boa gestão turística dos patrimônios culturais já que, segundo ela, “os danos culturais também ferem o espírito humano”.

A diretora-geral da Unesco afirmou que os 890 lugares e os que eventualmente podem entrar na relação representam a “história da humanidade” e devem ser protegidos como tal.

Os especialistas do comitê debaterão durante os próximos dez dias a possível inclusão na lista de 41 lugares postulados por 34 países, entre os quais estão três latino-americanos, um deles brasileiro.

O México se candidatou com o Camino Real de Tierra Adentro e a reserva que guarda as cavernas pré-históricas de Yagul e Mitla. Já o Brasil inscreveu a praça de São Francisco, em São Cristóvão, em Sergipe.

Outra candidatura, a do Binomio Mercurio-Plata, no Camino Real de Almadén, conta com o apoio do México, além do da Espanha e da Eslovênia.

A Espanha apresenta ainda outras duas candidaturas em sociedade com Portugal: os sítios de icnofósseis de dinossauros localizados na Península Ibérica e a zona arqueológica de arte rupestre de Sierra Verde, em Salamanca.

As reuniões do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco serão fechadas à imprensa, que só será convocada quando for tomada alguma decisão.

Além de analisar as novas candidaturas, os especialistas avaliarão o estado dos lugares que foram incluídos em uma lista de “bens em perigo”, que poderiam ser retirados da lista de patrimônios.

As ilhas Galápagos, no Equador; as minas de sal de Santa Laura, no Chile; o Parque Nacional Los Katíos, na Colômbia; a cidade e o porto de Coro, na Venezuela; e o sítio arqueológico Chan Chan, no Peru são os patrimônios da humanidade latino-americanos que fazem parte da relação de 31 lugares ameaçados.

Se os especialistas da Unesco considerarem durante as reuniões de Brasília que estes lugares não foram administrados adequadamente, eles poderiam eventualmente ser retirados das listas do organismo internacional.

Até agora, a lista de Patrimônio Mundial da Unesco inclui 890 lugares localizados em 148 países. A maioria deles (689) são bens culturais, 176 lugares naturais e outros 25, mistos.

As regiões com mais lugares protegidos são a Europa, com 45% do total, Ásia Oriental e Pacífico, com 21%, e a América Latina, com 14% e um total de 121 lugares protegidos.

A 34ª reunião do comitê é realizada em Brasília, a única cidade construída no século XX que faz parte da lista de patrimônios protegidos da Unesco.

Na cerimônia inaugural, os discursos foram precedidos por um show de Milton Nascimento e uma apresentação do samba de roda do baiano, reconhecido como patrimônio imaterial da humanidade pela Unesco.

Fonte: Uol Notícias

22 julho 2010

Campos do Jordão: clima europeu, atrativos naturais e badalação

campos_do jordão

Vila Capivari, em Campos do Jordão, é repleta de lojas de malhas, docerias e bares que atraem turistas, principlamente durante o inverno.

No alto da Serra da Mantiqueira, a 1.700 metros de altitude, Campos do Jordão é destino certeiro para quem gosta de curtir o inverno. Pousadas e hotéis aconchegantes, bares e restaurantes requintados e uma intensa programação cultural transformam a cidade paulista em uma das estâncias turísticas mais procuradas quando as temperaturas caem e o frio aparece. Entre junho e julho, cerca de um milhão de turistas passam por lá. As construções em estilo colonial, a beleza natural e a pureza do clima de montanha só completam a lista de motivos para que o município serrano seja tão disputado nos meses mais gelados do ano.

Foi fundada em 16 de junho de 1934, quando se desligou da vizinha São Bento do Sapucaí. Repleta de pinheirais e araucárias, a cidade é situada em um vale de cerca de 85% de seu território composto por regiões onduladas. Isso faz com que o sol ilumine a cidade durante boa parte do ano, atingindo o grau máximo de luminosidade no inverno, quando a temperatura pode chegar  em média a 5 graus negativos.

Localizada entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, Campos do Jordão possui três vias principais de acesso, sendo duas rodoviárias e uma ferroviária. Turistas que procuram hospedagens mais em conta ou têm interesse em dar uma escapadinha do agito de Campos podem aproveitar para visitar os municípios vizinhos, como Santo Antônio do Pinhal e São Bento do Sapucaí.

camposdojordao_ondefica

Conhecida como a “Suíça Brasileira”, Campos do Jordão tem entre seus visitantes celebridades e personalidades. Entre suas vilas, a mais badalada é Capivari. Cercada por um forte clima europeu e dona de uma variedade gastronômica, a vila é o point preferido dos turistas na alta temporada. Por ali, se concentram ainda diversas lojas especializadas em malhas e chocolates, a disputada cervejaria Baden Baden e o teleférico do Morro do Elefante, parada obrigatória para os que vão ao município. Do alto dos 800 metros do morro, o turista tem uma visão panorâmica e privilegiada de Campos.

A cidade também conta com um evento anual de renome, que é o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão. O evento dedicado à música
erudita leva à cidade um mix de atrações culturais e promove apresentações
em diversos pontos. Os artistas nacionais e internacionais se revezam em palcos como o da Praça Central, onde geralmente acontecem as performances gratuitas, e o do Auditório Cláudio Santoro, onde é preciso pagar para ver os shows.

Para quem é ligado em natureza, Campos do Jordão oferece diversas atrações  ecológicas. O visitante pode escolher entre trilhas, pescaria, arvorismo e passeios a cavalo, entre outras modalidades. Há paisagens, como a do Complexo da Pedra do Baú e do Pico de Itapeva, que já fazem parte do circuito tradicional de ecoturismo de Campos, mas também há novidades como o Parque Amantikir, que possui jardins temáticos inspirados em países como Japão, Canadá e Inglaterra.

Uma das mais charmosas e tradicionais atrações turísticas de Campos do Jordão é o passeio de trem. A ferrovia era até a década de 70 uma das formas mais fáceis de acesso a cidade e hoje conta com quatro passeios diferentes: o Turístico (trecho de 8 km), Maria Fumaça (4 km), Santo Antônio do Pinhal (19 km) e Pindamonhangaba (esse, mais cansativo, percorre 47 km).

Apesar de fazer mais sucesso durante o inverno, Campos do Jordão pode ser
visitada durante o ano todo. A cidade possui uma excelente infra-estrutura,
com cerca de 8.000 leitos em hotéis e pousadas, casas para aluguel, incontáveis opções de restaurantes e atrações. Sem contar que, fora da alta temporada, o sossego impera, contribuindo para uma estada mais tranqüila e barata, sem o tumulto e o trânsito dos meses mais frios.

Fonte: UOL Viagem

 
próximos posts »

Busca

Newsletters

receba novidades do Rapa Nui na direto no seu e-mail.

Categorias

Últimos Comentários

Nuvens de Tags

Harry Potter Orlando Universal Studios

Arquivos

Rede Sociais

Al. Antunes nº 105 – Barra Avenida
Salvador – Bahia – CEP: 40 140 020
Tel: 55 71 3267-6090 / Fax: 55 71 3264-3601
agência digital

Agência Digital